31 3686.1240   31 99581.1390

História

A EFG FPL teve seu início 1996, representando a concretização de ideais da comunidade. A Escola surgiu da esperança e do movimento de pais e educadores da cidade, principalmente a Professora Zélia de Cerqueira Barbosa que viam, no espaço da FPL, indicadores de nascimento de um projeto inovador e transformador de formação de nível médio.

A opção pela formação técnica veio atender também às expectativas promovidas pelas pessoas da comunidade que expressavam seus anseios e a esperança de concretizar no município propostas diferentes de educação para jovens. Desta forma, com apoio diversos segmentos - empresas e órgãos públicos - Pedro Leopoldo foi escolhida para abrigar uma das Escolas que fariam parte do Sistema SEBRAE de Formação Gerencial.

A FPL conseguiu fazer vingar a proposta e venceu a franquia do Sistema FG Sebrae • Minas. A Escola foi autorizada pela portaria 214/96 e reconhecida pelo Conselho Estadual de Educação através do documento 478/98.

Em 2016, a Escola completa 20 anos de atividades, comemorando com toda comunidade escolar as várias realizações bem sucedidas de seus estudantes e ex-alunos.

Marca

A Escola recebeu o nome de Theotonio Baptista de Freitas (1879-1975), figura histórica de meados do século XX, que escreveu com sua trajetória um conjunto de ações empreendedoras que fizeram história na comunidade. Suas ações estiveram marcadas pelo dinamismo e pelo espírito público.

Seu nome se fez seja pela atuação no âmbito da política, seja do ponto de vista do desenvolvimento do município. Pioneiro da Indústria calcária, fornecia brita e cal à siderurgia e à construção civil de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Doou grande parte da cal usada na construção da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte e forneceu também cal e pedra para a Basílica de Nossa Senhora Aparecida/SP. Foi um dos primeiros grandes empregadores de Pedro Leopoldo, fundador e presidente da Associação Comercial de Pedro Leopoldo. Em 1955, nas jazidas calcárias de sua fazenda “Manoel Carlos”, fundou a Fábrica de Cimento Cauê.

A educação também recebeu de Theotonio a marca de sua presença, deixando um legado para sua família e para a cidade do quão importante é implementar, apoiar e fortalecer todas as ações que visem à melhoria da Educação no país. Destaca-se o Colégio Imaculada Conceição que recebeu de suas mãos força inestimável para se solidificar no espaço da cidade.

Esta Escola, pois, recebe o nome de um empreendedor por intuição. Ele foi um homem ligado às tradições ruralistas do município e que se adiantou ao seu tempo. Soube empreender e trabalhar produtivamente, conseguiu articular seus parceiros em torno de projetos que ainda hoje são significativos. A força de seu exemplo levou os fundadores da Escola a acreditar que Theotonio não seria apenas um nome, mas uma marca.